Prefeitura anuncia R$ 72 milhões em equipamentos e serviços para rede de saúde

2018-02-08T12:42:12+00:00

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta quinta-feira (4) que o Ministério da Saúde empenhou um orçamento de R$ 72 milhões para a saúde do município.

A verba será utilizada para a compra de equipamentos (45 milhões) e na melhoria dos atendimentos de média e alta complexidade (15 milhões). O município ainda passa a receber R$ 12 milhões para qualificação dos leitos CTI, consultas especializadas, hemodiálise e atendimento nos centros de atenção psicossocial, serviços que já são prestados mas ainda não eram reconhecidos pelo Ministério da Saúde.

Os equipamentos começam a ser comprados daqui a 120 dias.

“É uma grande notícia para o carioca nesse início de ano. Até o fim do primeiro semestre esses novos equipamentos serão entregues à rede municipal de saúde”, afirmou o prefeito.

Todos os hospitais serão contemplados com investimentos. Entre as aquisições está um aparelho de ressonância magnética para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, o primeiro da rede municipal a contar com o serviço. Serão adquiridos ainda nove aparelhos de tomografia computadorizada de última geração e 920 camas hospitalares, que possibilitarão qualificar os leitos da rede de assistência e otimizar a utilização, conforme meta do plano estratégico.

Os hospitais também receberão aparelhos de raio-X e de ultrassonografia, além de diversos equipamentos de oftalmologia para a realização de cirurgia de catarata, entre outros procedimentos. As unidades receberão ainda autoclave (aparelho para esterilização de materiais), aparelhos de anestesia, respiradores, bombas de infusão, arcos cirúrgicos, berços para maternidades e computadores, que vão auxiliar na implantação do prontuário eletrônico nos hospitais. Os recursos virão do Fundo Nacional de Saúde por meio de uma emenda parlamentar.

“A medicina hoje envolve muita tecnologia. Precisamos renovar nosso parque tecnológico para garantir mais qualidade no atendimento oferecido à população e reduzir o tempo para início do tratamento necessário”, esclareceu o secretário Marco Antonio de Mattos, que ressaltou que a pasta ainda vai contar com os R$ 350 milhões que foram incluídos no orçamento de 2018 do município.

Hospitais contemplados com novos tomógrafos

– Ronaldo Gazolla, Piedade, Salgado Filho, Francisco da Silva Telles, Souza Aguiar, Pedro II, Lourenço Jorge, Miguel Couto e Rocha Faria.

Fonte: prefeitura.rio

+

(Visited 110 times, 28 visits today)