Crivella lança mutirão para fazer 15 mil cirurgias de catarata e zerar fila de espera

2018-04-02T16:02:35+00:00
Mutirão de cirurgias de catarata

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, lançou nesta segunda-feira, 2 de abril, um mutirão de cirurgias de catarata que vai beneficiar 15 mil pessoas. O objetivo é zerar, em até cinco meses, a fila de espera de pacientes cadastrados no Sisreg, o Sistema de Regulação da Saúde municipal.

–  A fila vai andar! Nosso objetivo não é só acabar com a fila atual, dos que estão aguardando já há algum tempo. Tão importante quanto isso é a gente manter o atendimento em nível satisfatório. Para que amanhã não se precise mais de mutirão, para que não tenhamos mais uma outra fila de 15 mil esperando por cirurgia de catarata – disse o prefeito, na solenidade de lançamento do Mutirão de Catarata, no Palácio da Cidade, em Botafogo, Zona Sul da cidade.

A fila inclui pacientes cadastrados até 18 de março deste ano. O serviço será oferecido por clínicas da rede privada conveniadas ao SUS. Além disso, os hospitais da rede municipal continuarão com sua rotina diária de cirurgias. A Prefeitura vai liberar R$ 15 milhões para o mutirão.

– É um procedimento seguro, que tem alto impacto na qualidade de vida da população. Com as cirurgias, a gente vai conseguir que as pessoas tenham de volta sua visão e voltem a ler, a viver com qualidade – disse o secretário municipal de Saúde, Marco Antônio de Mattos.

O mutirão da catarata tem previsão para começar no dia 14 de abril. A expectativa é que se prolongue por cinco meses. Hoje, o tempo de espera está em 300 dias para a primeira consulta. A ideia é fazer 2.034 cirurgias a mais, totalizando 3.104 procedimentos por mês.

– Estou contando nos dedos os dias para a minha cirurgia. Há dois anos a catarata tem me atrapalhado muito. Gosto de ver futebol na TV, de andar de bicicleta. Eu levava meu netinho na garupa para a escola. Gosto de fazer meus sacolés para vender. Vou voltar a enxergar e a fazer tudo isso – comemora a dona de casa Leila Nette da Silva, 68 anos, moradora de Padre Miguel, na Zona Oeste, cuja cirurgia está marcada para o dia 14 de abril.

Compartilhe esta história

(Visited 766 times, 539 visits today)